ICAO level 4 and up: Structure Vol. I


When studying for the Santos Dumont English Assessment (a.k.a. “ANAC test”), most pilots tell me they don’t want to study a regular coursebook, they don’t want to see any grammar. This doesn’t make any sense, being that the criterium “structure“, that is assessed by the examiner is nothing but “grammar“!

The most recurrent problem I see in pilots, regarding structure/ grammar, is what I call verb tense consistency (or the lack of it). It means that if you’re telling someone about a flight you made last year, most of your verbs will be in some form of past tense – past simple, past progressive, past perfect… If you say “I was flying from SP to RJ and we have an engine failure“, you’ll have to agree that the listener will be a little lost before they understand what you want to say. And then they will just think “oh, ok, this guy doesn’t speak English…”.

So focus on maintaining verb tense consistency when you speak to make yourself understood more easily. Keep in mind if you’re talking about something that has already happened, something that is happening now or something that will happen someday.  If you’d like, send me a paragraph you’ve written so I can check if it’s ok! carolina.davila.english@gmail.com.

And remember: to achieve at least level 4, a pilot must clearly differentiate past, present and future!

==================================================================================================

ICAO Nível 4 e acima: Estrutura Vol. I

Ao estudar para o Santos Dumont English Assessment (mais conhecido como “Teste da ANAC”), a maioria dos pilotos fala que não quer usar um livro-texto normal, não quer estudar gramática. Isso não faz nenhum sentido, já que o critério “estrutura“, avaliado pelo examinador durante a prova, nada mais é do que “gramática“!

A meu ver, o problema mais recorrente em pilotos no que diz respeito à estrutura/gramática é o que eu chamo de  consistência de tempos verbais (ou a falta dela).  Significa que se você está relatando a alguém um voo que fez ano passado, a maioria dos verbos usados estará em alguma forma de passado: passado simples, contínuo, perfeito… Se você disser “Eu estava voando de SP para o RJ e nós temos uma falha no motor”, você tem que concordar comigo que o ouvinte ficará um pouco perdido antes de entender o que você quis dizer. E depois, vai pensar “ah, tá, esse cara não fala inglês…”. 

Então, concentre-se em manter a consistência dos tempos verbais quando fala, para ser compreendido mais facilmente. Tenha em mente se o que você está falando já aconteceu, está acontecendo ou vai acontecer algum dia. Se quiser, mande-me um texto escrito por você para eu dar uma olhada.  carolina.davila.english@gmail.com.

E lembre-se: para atingir pelo menos o nível 4, o piloto deve diferenciar claramente passado, presente e futuro!

Leave a comment

Filed under tips

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s